Tratamento para Bipolaridade

Tratamento para Bipolaridade – Saiba Mais!

Veja com funciona o Tratamento para Bipolaridade os tipos de tratamento e quais são os principais sintomas e causas dessa doença.

A Bipolaridade é um transtorno com uma alteração mental grave em que a pessoa apresenta oscilações de humor que podem variar desse depressão, em que há profunda tristeza, até mania, em que há euforia extrema, ou hipomania, que é uma versão mais leve da mania.

Esse transtorno, também chamado de doença bipolar ou doença maníaco-depressiva, afeta tanto homens como mulheres e pode começar no final da adolescência ou no início da idade adulta, precisando assim de um tratamento para bipolaridade. Algumas dessas pessoas não consegui fazer o tratamento sozinhos e uma das opções para tratamento inclui a internação desse paciente, Nós do Portal Vida Limpa possuímos ótimas referencias em diversos tratamentos, e o tratamento para Bipolaridade é um deles.

O uso de drogas pode fazer com que a pessoas já com uma pré-disposição genética manifeste a bipolaridade muito antes, em média 10 anos antes do que isso aconteceria.

Estima-se que cerca de 60% das pessoas em tratamento para depressão podem ser bipolares. O diagnóstico é difícil. Requer tempo do psiquiatra com o paciente, para examinar seu passado, para entender se períodos eufóricos e tristes aconteceram. E isso você encontra em nossas unidades espalhada pelo Brasil.

Em todas nossas unidades temos médicos e equipes especializadas a disposição do paciente, para que o mesmo consiga seguir firme seu tratamento para bipolaridade, tendo o tempo necessário para que o psiquiatra junto da equipe multidisciplinar faça seu diagnostico com precisão.

Os Psiquiatras afirma que o paciente realizando o tratamento correto, o transtorno bipolar pode ser tratado e tem grandes chances de ser controlado, assim o paciente passa a ter uma vida normal.

As crises podem variar de intensidade (leve, moderada e grave), frequência e duração.

Tratamento para Bipolaridade: CAUSAS

Ainda não foi determinada a causa efetiva do transtorno bipolar, mas já se sabe que fatores genéticos, alterações em certas áreas do cérebro e nos níveis de vários neurotransmissores estão envolvidos. Mas sabemos que alguns fatores podem antecipar a manifestação desse transtorno, tais como: episódios frequentes de depressão ou início precoce dessas crises, puerpério, estresse prolongado, remédio inibidores de apetite, disfunções da tireoide e o uso de álcool e drogas.

Principais Sintoma

Os sintomas da bipolaridade dependem da fase de humor que a pessoa apresenta, e podem variar entre mania, hipomanias, depressivos ou uma combinação deles, segue alguns desses sintomas:

– episódios maníaco
– agitação, euforia e irritabilidade
– falta de concentração
– crença irrealista em suas habilidades
– comportamento incomum
– tendência ao abuso de drogas / álcool
– fala muito rápida
– falta de sono
– negação de que algo está errado
– aumento do desejo sexual
– comportamento agressivo
– episódios depressivos
– mau humor, tristeza, ansiedade e pessimismo
– sentimento de culpa, inutilidade e desamparo
– perda de interesse por coisas que se gostava
– sensação de fadiga constante
– dificuldade de concentração
– irritabilidade e agitação
– sono excessivo ou falta de sono
– alterações no apetite e peso
– dor crônica
– pensamentos de suicídio e morte

Estes sintomas podem estar presentes durante semanas, meses ou anos e podem se manifestar durante o dia todo e todos os dias.

Tipos de transtorno bipolar

Existem 3 tipos de transtorno, que se diferenciam pelos sintomas apresentados pelo tempo que duram, devendo ser avaliados por um especialista.

TIPO 1

Este tipo é caracterizado principalmente por períodos e mania, em que a pessoa apresenta um humor excessivamente feliz, com extrema euforia, sensação de energia, agitação, delírios de grandeza e pouca necessidade de dormir. Também pode haver irritabilidade, agressividade ou delírios paranoico, podendo muitas vezes ser confundido com a esquizofrenia.

TIPO 2

Esse tipo de bipolaridade é caracterizado por episódios depressivos e hipomaníaco, porém, são mais leves e não interferem totalmente no dia a dia da pessoa.  Geralmente a pessoa apresenta maior sociabilidade, impulsividade, menor necessidade de sono, maior capacidade de iniciativa, energia para as atividades e impaciência. Quando surgem episódios alternados de depressão e hipomania, sem mania, a doença é classificada tipo 2.

Transtorno Ciclotímico

Este tipo é caracterizado por sintomas hipomaníacos e depressivos persistentes, que podem ser uma forma leve de transtorno bipolar. Esses sintomas duram mais e podem persistir por pelo menos 2 anos. Devido aos sintomas serem muito semelhantes com depressão, muitas pessoas acabam sendo tratadas de forma errada, realizando um tratamento para depressão, onde não se encaixa com o seu quadro.

Tratamento para bipolaridade

Tratamento para Bipolaridade 2
Tratamento para Bipolaridade – Fonte Portal Vida Limpa

A bipolaridade não tem cura, mas pode ser controlado.

O tratamento inclui o uso de medicamentos, psicoterapia e mudanças de estilo de vida, tais como o fim do consumo de substancia psicoativas (cafeína, álcool, drogas como ex. a maconha e a cocaína), desenvolvimento de hábitos saudáveis, etc.

Quando a família por si só já não consegui mais ajudar esse familiar com a sua doença, é possível fazer a internação desse paciente em uma de nossas unidades especializadas através da internação voluntária, internação psiquiátrica involuntária ou internação compulsória.

De acordo com tipo, gravidade e evolução da doença, a prescrição de medicamentos tem-se mostrado útil para reverter os quadros agudos de euforia e evitar recorrência das crises.

Outra terapia que vem sendo usada e apresenta uma grande ajuda no tratamento para bipolaridade é a terapia cognitivo-comportamental, que ajuda a identificar e substituir sentimentos e comportamentos prejudiciais à saúde, além de desenvolver estratégias que ajudam a reduzir o estresse e lidar com situações desagradáveis.

Métodos naturais utilizados no Tratamento da Bipolaridade

O tratamento natural não é para ser feito sozinho, e sim um complemento para os demais tratamento acima.

Desta forma paciente com bipolaridade deve praticar exercícios regulares como ioga, pilates ou fazer caminhadas relaxantes e ter uma atividade de lazer, como assistir filmes, ler, pintar, fazer jardinagem, ter uma alimentação saudável, evitando o consumo de produtos industrializados.

Como prevenir as crises e uma futura recaída

Para que a pessoa com bipolaridade viva controlando sua doença, sem apresentar sintomas, deve seguir com o tratamento para bipolaridade pro resto de sua vida. Tomando os medicamento regularmente, no horário e na dose prescrita pelo médico, seguir as orientações dos profissionais capacitados envolvidos no tratamento realizado.

É muito importante nessa recuperação o total apoio da família ao paciente. Por isso o familiar também deve procurar ajuda, para poder saber como lidar com esse ente querido.

Como já citado, no nosso Portal Vida Limpa você encontra diversas clinicas espalhadas pelo Brasil, todas nossas unidades possui tratamento especializado com uma equipe multiciplinar capacitada para lidar com qualquer tipo de transtorno ou dependência, dando o total suporte para esse paciente e família antes / durante e após tratamento

.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.