Como Ajudar Dependente Químico Que Recaiu

Este artigo vai te ajudar a entender como ajudar dependente químico que recaiu.

Nós entendemos que além da dificuldade que é vivida pelo dependente químico e pela família durante o período de tratamento existe o momento de pós tratamento que requer muito cuidado para evitar recaídas.

Além disso, esse momento não só é difícil como pode ser também doloroso e angustiante, devido a preocupação que a família e as pessoas mais próximas têm em relação há uma possível recaída.

Então, se você está passando por essa situação com alguma pessoa próxima, fique tranquilo que vamos te ajudar a lidar melhor com esse conflito e não prejudicar o andamento do processo.

Se você deseja saber como ajudar um dependente químico que recaiu, este é o artigo perfeito, nós vamos falar tudo que você precisa saber para passar por essa situação de maneira menos conturbada.

O que é dependência química?

Em primeiro lugar, você precisa entender o que é a dependência química para poder saber como ajudar um dependente químico que recaiu, portanto, vamos te explicar.

A primeira coisa que a família e as pessoas próximas precisam entender é que a dependência química se trata de uma doença e se isso não ficar claro, será muito difícil saber lidar com o dependente químico.

Entendendo a dependência química como uma doença, você vai ser capaz de perceber a necessidade de realizar tratamento, uma vez que isso ocorre com todas as outras doenças existentes.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, a dependência trata-se de um estado psíquico e em alguns casos físico, que ocorre mediante ao consumo de substâncias que têm o poder psicoativo sobre o indivíduo.

O consumo de drogas, sejam elas lícitas ou ilícitas, podem causar a dependência química e elas são capazes de interferir no comportamento da pessoa que faz uso, fazendo com que ela sinta a necessidade de consumir cada vez mais.

No entanto, há outras concepções sobre a doença, como, por exemplo, o entendimento que o Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais têm que entender a doença como um padrão advindo do uso de substâncias.

De toda forma, se você possui um ente querido que é dependente, é preciso saber como ajudar dependente químico que recaiu, porque isso faz parte do processo de reabilitação.

Entenda a recaída como parte do processo de tratamento do dependente químico

Por mais que seja difícil para a família aceitar, é preciso entender que durante o tratamento, o dependente químico está sujeito a recair e isso é normal, faz parte do processo.

Nas clínicas de reabilitação a equipe já tem esse entendimento e está sempre preparada para caso aconteça com algum dos pacientes.

A recaída acontece porque o corpo do dependente químico está acostumado com o consumo e quando ele é interrompido de forma repentina, o corpo reage a abstinência.

Dessa forma, por mais que a família não esteja preparada para ver o seu familiar consumindo novamente a substância pela qual ele é dependente, o ideal é que não seja demonstrado abalo ao paciente.

Nós recomendamos que a família se demonstre receptiva e acolha o paciente, caso aconteça o contrário, ele se sentirá incapaz de superar o vício e pode desistir de continuar tentando.

Com o apoio da família e dos amigos, o dependente químico tende a se reerguer e dar prosseguimento com o tratamento, por isso, é importante entender a recaída como parte do processo.

Então, como ajudar dependente químico que recaiu?

Após compreender a doença como um todo e ter consciência de que a recaída pode vir a acontecer e isso faz parte do processo de reabilitação, você estará praticamente pronto para ajudar um dependente químico que recaiu.

Nesse sentido, saiba que quando há um processo de recuperação, é preciso deixar de lado alguns velhos hábitos que colaboram para o consumo de substâncias psicoativas.

Contudo, não é uma tarefa simples reprogramar o nosso cérebro a exercer novas atividades, principalmente quando se trata de um dependente químico, uma vez que o vício provoca abstinência e ninguém deseja passar por essa sensação.

Nós consideramos importante que as pessoas próximas ao dependente se proponham a oferecer situações e atividades que vão distrair a cabeça do paciente para que ele não deseje voltar a sua vida antiga.

Além disso, existem outras formas para quem deseja saber como ajudar um dependente químico que recaiu, observe a seguir as atitudes a serem tomadas:

1.    Ser compreensivo e empático

Não adianta você querer ajudar um dependente químico que recaiu julgando a atitude dele, uma vez que muitas das vezes ele só começou a usar drogas e ser dependente, por questões emocionais internas e o julgamento o deixará pior.

É normal aos dependentes o sentimento de se sentirem acolhidos pelas drogas e usar delas como válvula de escape, então, se você deseja ajudar alguém que recaiu, é preciso demonstrar compreensão e empatia diante da situação.

Faça com que o paciente sinta que você o apoia e acredita na recuperação dele!

2.    Conte com ajuda profissional

Nós sabemos que muitas vezes os familiares não se encontram preparados para lidar com a situação vivenciada por um dependente químico, principalmente quando ocorre uma recaída.

Então, para que a situação não fique ainda pior, você deve procurar orientações com um profissional especializado e até mesmo sugerir ao dependente em um momento que ele esteja sóbrio, o retorno às terapias comportamentais.

3.    Ofereça atividades saudáveis e sadias

Uma das partes mais importantes para ajudar dependente químico que recaiu, é sugerir a ele a prática de atividades que o deixem com a mente ocupada e que ele fique distraído dos pensamentos voltados às drogas.

Além disso, incluir o dependente nas atividades faz com que ele se sinta útil e capaz de integrar a comunidade a qual está inserido, isso será ótimo para o tratamento.

4.    Tenha atenção

Além de todas as dicas que já foram passadas, nós aconselhamos que os parentes próximos se mantenham sempre em alerta em relação ao dependente químico para reconhecer o padrão entre uma recaída e o retorno ao vício.

O padrão de comportamento de um usuário de drogas não é difícil de ser identificado, por isso, é importante estar atento.

Após entender melhor como é possível ajudar um dependente químico que recaiu, chegou o momento de entender melhor o Tratamento para Dependência Química.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.