Tratamento Masculino e Feminino para Dependência!

Tratamento Masculino e Feminino para Dependência

Veja a diferença do Tratamento Masculino e Feminino para Dependência Química e Alcoólica. Fatores importantes e como Funciona!

Existem diferenças físicas e emocionais entre homens e mulheres.

Uma diferença que pode não ser tão óbvia, no entanto, envolve como cada gênero difere em termos de desenvolver um vício em drogas e álcool e na busca por tratamento para isso.

Os protocolos de tratamento masculino e feminino da dependência geralmente funcionam melhor quando são adaptados ao indivíduo e às questões subjacentes específicas que podem estar ajudando para a dependência.

Acontece que o tratamento contra a dependência também deve ser personalizado de acordo com o gênero, segundo um estudo feito no ano de 2015.

Homens e mulheres desenvolvem transtornos por uso de substâncias e por causa razões distintas.

As diferenças de gênero em termos de tratamento de dependência são relevantes para os fatores que desempenham um papel no uso indevido de drogas e álcool e as razões que ambos os sexos têm para entrar em programas de tratamento.

Tem havido muitos estudos nacionais realizados sobre esta questão para nos ajudar a compreender por que este é o caso.

Com mais pesquisa e educação, os centros de tratamento ambulatoriais são capazes de fornecer soluções de tratamento personalizadas mais eficazes e que tem mais resultados.

Veja algumas das principais diferenças em como o vício abala homens e mulheres.

  • As drogas usadas são diferentes

Os homens são mais vulneráveis a usar maconha e álcool, enquanto as mulheres dão preferência a fazer usos de medicamentos controlados.

  • Os motivos para o uso

Os homens geralmente costumam se envolver no uso de substâncias porque tem o desejo de ser mais sociáveis, ter melhor desempenho sexual e obter melhor concentração na escola ou nos esportes.

Já no caso das mulheres, por outro lado, elas costumam abusar de drogas e álcool para fugir de sentimentos negativos de traumas anteriores.

  • Como o vicio evolui

As mulheres geralmente começam a usar doses mais baixas de drogas e álcool, mas progridem mais rapidamente do que os homens. Para eles é mais difícil parar permanentemente de fumar e têm grandes probabilidades de recaída após a abstinência.

  • Começar os tratamentos

 As mulheres costumam dar início ao tratamento bem mais cedo do que os homens. Ao mesmo tempo, na maioria das vezes, elas enfrentam mais desafios em termos de creches, falta de seguro saúde e empregos com menor remuneração.

Os transtornos

As mulheres também são bem mais vulneráveis a ter doenças mentais concomitantes quando buscam por tratamentos, particularmente transtornos de humor e ansiedade.

Para as mulheres, os motivos para desenvolver um transtorno por uso de substâncias são freqüentemente relacionados com a natureza psicológica e social.

As mulheres têm maior probabilidade do que os homens de apresentar baixa auto-estima, depressão e estresse.

Os efeitos do álcool nas mulheres também diferem dos homens por causa das diferenças biológicas, incluindo o teor de gordura corporal.

Como as mulheres costumam ter uma proporção maior de gordura corporal em relação aos homens, o álcool tem maior concentração no corpo feminino do que no masculino.

 As mulheres também são mais suscetíveis a desejos e recaídas, que desempenham um papel importante no ciclo do vício.

Os homens são mais vulneráveis ao uso de drogas ilícitas e desenvolvimento de problemas relacionados às drogas do que as mulheres.

É mais provável que os homens acabem nos hospitais como resultado de uma reação grave ou overdose.

As mulheres têm uma tendência maior de desenvolver transtornos por uso de substâncias mais rápido que os homens, e as questões relacionadas às substâncias das mulheres costumam ter um impacto maior em suas vidas em comparação com os homens.

As mulheres têm um histórico mais curto de uso de substâncias específicas, como cocaína ou álcool.

Os opioides, em particular, têm sido especialmente difíceis para as mulheres nos últimos anos.

O impacto da epidemia de opiáceos foi severo tanto para os homens quanto para mulheres, mas estudos feitos mostram que os efeitos são bem mais graves nas mulheres.

As mulheres têm mais vulnerabilidade do que os homens de enfrentar uma série de diversas barreiras para encontrar tratamento.

Assim, eles são menos propensos a buscar tratamento.

Além disso, as mulheres tendem a buscar atendimento em ambientes de saúde mental, em vez de programas especializados de tratamento de dependência.

Dessa forma, quando as mulheres entram em instalações de tratamento de dependência, costumam a responder ao tratamento mais rapidamente do que os homens.

Além das diferenças no abuso de substâncias, homens e mulheres tendem a ter expectativas diferentes para o tratamento.

É por isso que é útil oferecer programas de tratamento específicos para gênero, já que homens e mulheres podem trabalhar com a equipe para desenvolver um plano de recuperação que atenda às suas necessidades específicas.

Esses planos também podem levar em consideração as barreiras potenciais à recuperação, como creches, educação e trabalho.

Tratamento Masculino e Feminino para Dependência! Vantagens dos tratamentos especializados

Tratamento Masculino e Feminino para Dependência
Tratamento Masculino e Feminino para Dependência – Portal Vida Limpa
  • Cuidados especiais

 Com o Tratamento Masculino e Feminino para Dependência, ambos os gêneros recebem atenções especiais em relação às suas questões fisiológicas, emocionais e relacionais únicas.

  • Confiabilidade e harmonia

As mulheres, particularmente, têm resultados melhores aos tratamentos específicos de gênero. Eles são capazes de desenvolver laços mais fortes com seus pares do mesmo sexo e se abrir sobre traumas do passado.

  • Poucas desconcentrações

É bom estar em um ambiente onde pessoas mesmo sexo causam poucas distrações para os clientes. Em vez de ficarem tentados à tensão sexual, os clientes podem se concentrar inteira e completamente em sua recuperação.

  • Tratamentos de auxílio

 As sessões de tratamentos de grupo em terapias específicas de gênero são geralmente muito positivas e construtivas, encorajando e ajudando os homens e mulheres a falares sobre pressões sociais e culturais que podem trazer bons resultados em abuso de substâncias.

Obviamente, há uma diferença entre homens e mulheres não apenas em como e por que desenvolvem um vício, mas também no tipo de tratamento que costuma a atuar melhor para eles.

É importante avaliar as necessidades de cada indivíduo antes de escolher qual tipo de tratamento funcionaria melhor.

Fale agora mesmo com Terapêuta do nosso Portal e tire suas duvidas!

Fale Conosco

Fonte Oficial – https://portalvidalimpa.com.br/

2 comentários em “Tratamento Masculino e Feminino para Dependência!”

  1. Pingback: Auxílio-doença para dependentes químicos - Portal Vida Limpa

  2. Pingback: Internação Compulsória: O que é? E como funciona? - Portal Vida Limpa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.