Como Identificar Um Alcoólatra

Aprender a como identificar um alcoólatra pode ser um passo essencial na recuperação daquele ente querido que claramente está tendo problemas, mas não sabemos exatamente como prosseguir.

É verdade que tudo em excesso faz mal, mas em determinados casos isso passa da linha do excesso e se torna uma dependência. O álcool quase lidera a lista de dependências mais nocivas, porque simplesmente elimina a dignidade do dependente.

É natural ver pessoas simplesmente jogadas nas ruas, porque perderam tudo para o vício das bebidas. Justamente por ser uma substância lícita, fica fácil ter acesso a isso.

Como identificar um alcoólatra?

Para identificar um alcoólatra, é necessário primeiro manter essa pessoa sempre muito perto. Se essa pessoa estiver distante, dificilmente será possível perceber os traços dela que se referem ao alcoolismo.

Por isso, não mande essa pessoa embora quando ela estiver tendo problemas: pelo contrário, incentive ela sempre a ficar mais perto de você e de sua família.

Assim fica muito mais fácil conseguir medir a frequência com que essa pessoa bebe e os tipos de bebidas que ela consome. Assim fica bem mais fácil conseguir de fato um parecer sobre o quadro dela.

Como identificar um alcoólatra

Eles tornam qualquer ocasião em um bom momento para beber

Sim, eles podem estar em casa em uma terça-feira à noite e simplesmente decidir que aquele é um bom momento para consumir álcool. Eles simplesmente encontram bons motivos e se enganam em relação a isso.

Diferentemente do consumo social, essas pessoas podem beber sozinhas, acompanhadas, em bares ou em casa: elas simplesmente vão beber. O que gera o desejo de beber nunca é o momento, mas sim a dependência.

A quantidade

A quantidade ingerida mesmo em momentos não especiais é maior do que o normal. Essas pessoas podem até mesmo consumir bebidas leves, como por exemplo cervejas ou drinks de baixo teor alcoólico, mas elas tomam muito mais do que o normal.

Deste modo fica fácil identificar se a pessoa está ou não exagerando. Perceba sempre as quantidades e os cenários.

Essa pessoa desconta os sentimentos na bebida

Se o seu marido, por exemplo, teve um dia ruim no trabalho e, logo em seguida decidiu que era uma boa ideia ir para o bar e exagerou na dose, fique atenta à frequência. É bem natural que isso se torne um hábito e é justamente aí que mora o perigo.

Coisas ruins acontecem em nossas vidas o tempo todo e, na maior parte das vezes, essas válvulas de escape se tornam vícios profundos. Até mesmo a bebida pode começar a trazer novos problemas que, mais tarde, somados aos outros danos, trarão muitos prejuízos.

Essa pessoa esbanja agressividade

A principal dica de como identificar um alcoólatra é perceber se essa pessoa tem ou não comportamentos agressivos. Um dos maiores indícios de que uma pessoa sofre com o vício é chegar em casa com muita raiva.

A bebida traz emoções muito calorosas, por isso é que tantas desavenças enchem as casas dos alcoólatras. Até mesmo coisas mais simples, que facilmente poderiam ser resolvidas, se tornam motivos de grandes brigas.

Paranóia

Para o alcoólatra, todos estão contra ele ou contra a família dele. Para eles, tudo está errado e deve ser resolvido. É comum que se sintam injustiçados e queiram resolver problemas antigos do nada.

É natural também que cobrem com urgência coisas que não poderão ser resolvidas tão cedo, para eles tudo funciona rápido demais devido o efeito da bebida, por isso é importante relevar.

Essa pessoa some constantemente

Essa pessoa some de manhã e aparece só à noite, ou até mesmo some durante dois ou três dias e aparece muito debilitada. Esse é um dos mais fortes sinais de que estamos lidando com um alcoólatra.

É importante entender que essas pessoas não somem à toa. Na maior parte das vezes isso acontece justamente porque ou estão mal demais para voltar pra casa, ou estão com vergonha da família vê-los daquela maneira.

Como identificar um alcoólatra

Atente-se também à dependência química

Por muitas vezes pensamos estar lidando somente com uma dependência alcoólica, mas na verdade se trata de uma dependência química também.

As drogas somadas ao álcool podem significar uma recuperação ainda mais lenta e conturbada, por isso é importante que a família se faça mais presente do que nunca, auxiliando no tratamento e no incentivo.

Quem tem um alcoólatra dentro de casa pode procurar o CAPS, o SUS, solicitando algumas avaliações. Entendemos que é muito difícil lidar com isso sozinho e, na maioria das vezes, a melhor saída é realmente a internação em uma clínica de recuperação.

RELACIONADO – Quando devo Procurar uma Clínica de Recuperação

Entendemos o lado dos familiares que preferem resguardar seus familiares dependentes em casa, mas vale a pena perceber se isso realmente é suficiente. Determinados quadros não podem ser resolvidos assim.

A intervenção médica e psiquiátrica pode salvar vidas. Agora você já sabe como identificar um alcoólatra, coloque em prática!

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.