Benefícios da internação involuntária

Em muitos dos casos, por falta de conhecimento sobre os benefícios da internação involuntária, a família acaba deixando de procurar por boas clínicas de reabilitação para seus familiares.

Isso não somente atrasa o processo de recuperação do paciente, bem como dificulta a recolocação do cidadão na sociedade, já que a dependência alcoólica ou química age muito rapidamente, deixando sequelas que podem perdurar por toda a vida.

Nem sempre é possível ter ideia do tamanho dos danos causados por um vício, mas com certeza a internação pode ser peça chave na recuperação de qualquer um. Não é fácil aceitar essa ideia, mas ela pode ser muito produtiva.

Benefícios da internação involuntária

Quem convive ou já conviveu com dependentes ativos de droga, sabe que essa pode ser uma missão e tanto. Por vezes eles não escutam ninguém, o que só dificulta cada vez mais a recuperação.

A internação involuntária é vista como o pior cenário possível pelas pessoas que estão em situação de abuso de drogas. Elas não querem ser vistas como incapazes de tomarem as próprias decisões.

Esse é um dos motivos pelos quais é tão difícil tomar essa decisão, mas para te incentivar, vamos te explicar quais são os benefícios da internação, mesmo que a princípio seja a contra gosto do paciente.

Benefícios da internação involuntária

Corte imediato de uso

Se o paciente não se interna, ele pode até diminuir as quantidades, mas é quase impossível que ele realmente passe por um detox da droga, por assim dizer. Isso acontece porque, para ele, é fácil colocar as mãos em mais uma porção do entorpecente.

Não se engane: os usuários dificilmente vão ficar realmente longe das drogas pelo período necessário sem que se internem. Não há sequer uma forma de fazer isso sem uma intervenção mais rigorosa.

Controle da abstinência

O controle da abstinência também é outro fator extremamente importante para os pacientes. Na reabilitação haverão atividades, apoio psicológico e tudo o que o paciente precisa para passar por isso com mais tranquilidade.

Imagine o paciente sofrendo uma crise de abstinência dentro de casa? Ele acabará causando muitos problemas, tanto para si quanto para quem está ao redor.

Isso nunca é o ideal, afinal, este paciente está em um momento muito frágil da sua vida e merece receber cuidados especializados.

Medicação adequada e regrada

Um passo importante na recuperação de um viciado é a medicação, já que ela pode aliviar bastante determinados quadros, como por exemplo a ansiedade em usar drogas ou qualquer coisa do tipo.

Por isso é que é tão importante internar, porque por lá o usuário acabará ficando cuidado e tratado da melhor forma possível. Esses medicamentos não podem e nem devem ser manipulados em casa.

As atividades

Quanto mais ocupado se mantém o paciente, melhor é o resultado. Isso acontece porque a sua mente se ocupa e, deste modo, não sobra tanto tempo livre para sofrer pelo corte do uso das drogas.

Então, em vez de manter seu ente querido em casa, procure pela internação, por lá ele terá a chance de compartilhar sua história e participar da vida de pessoas que estão passando pela mesma batalha que ele.

Benefícios da internação involuntária

Quem pode pedir a internação involuntária?

Pode pedir a internação involuntária a mãe, o pai, avós ou tios. É importante ressaltar que parentes que não tenham laço sanguíneo não poderão solicitar a internação, já que isso é sempre trabalho da família mais próxima.

Se você tem um parente que esteja passando pelo cenário de abuso de drogas, não permita que a história desta pessoa acabe desta maneira.

É permitida a internação involuntária?

Desde o ano de 2019, entendeu-se que a internação involuntária em muitos dos casos é necessária e urgente. Isso acontece porque nem todos os pacientes, mesmo em seus picos de lucidez, entendem que essa é a única saída.

A família sofre junto com o dependente e isso torna toda a sua vida muito mais conturbada. É importante entender que a internação também é um ato de amor, já que na maioria dos casos chega a salvar vidas.

Como funciona a internação involuntária?

A internação involuntária deve ser buscada pelos parentes do viciado. Sem isso, não é possível interná-lo.

Mesmo que se perceba que um amigo está passando por uma situação muito complicada, é necessário conversar com os familiares e descobrir se eles querem ou não fazer algo sobre isso.

Tudo depende, é claro, da situação em que se encontra aquele paciente. Se este paciente não está em uma situação complicada com as drogas ainda, vale a pena procurar apenas o apoio psiquiátrico, que em alguns casos resolve.

Agora, se a pessoa já está apresentando quadros de agressividade ou ausência em casa, isso pode ser sim tratado através da internação;

Estes são os benefícios da internação involuntária. Entre em contato e marque uma conversa conosco, podemos ajudar!

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.